No final de 1972 entrava no cenário musical o cantor mineiro Fernando Mendes. "A Desconhecida", gravada recentemente pelo cantor Leonardo, foi a canção que projetou o cantor em todo território nacional. Lançada em compacto simples, subiu rapidamente às paradas de sucesso e com força total! Sua primeira apresentação na TV, foi no programa do Chacrinha, e a partir daí o jovem Fernando Mendes não parou mais, seguiu a carreira musical, interpretando suas próprias canções, que fazem sucesso não só no Brasil, mas em muitos países do mundo! Fonte: Site Oficial Fernando Mendes

domingo, 20 de setembro de 2009

Quem é Fernando Mendes?


Luiz Fernando Mendes Ferreira (Conselheiro Pena, Minas Gerais), mais conhecido como Fernando Mendes, é um cantor e compositor brasileiro.



Destacou-se na década de 1970 com a musica Cadeira de Rodas, que vendeu mais de um milhão de cópias e foi executada nas rádios de todo o país.



Entre os prêmios que ganhou, está um disco de ouro e o prêmio Villa Lobos de disco mais vendido de 1979 com a música Você Não Me Ensinou a Te Esquecer, com arranjo de Hugo Bellard.


Fez shows no Brasil e no exterior e participou de variados programas de televisão. Atualmente continua compondo e se apresentando nos palcos brasileiros.
A carreira de Fernando Mendes começou concomitantemente à de José Augusto, com quem compôs e gravou algumas canções. Seu primeiro sucesso foi gravado em 1973: a música A Desconhecida, de sua autoria, regravada pelo funkeiro Mister Mu, no início dos anos 90.




Além de Cadeira de Rodas e A Desconhecida, primeiros grandes sucessos, e Você Não Me Ensinou a Te Esquecer, Fernando Mendes também teve uma música na novela da TV Globo Duas Vidas de 1976: Sorte Tem Quem Acredita Nela, com arranjo de Hugo Bellard.
Sucesso com Caetano Veloso


Mas a "volta" de Fernando Mendes ao cenário musical foi a regravação de Você Não Me Ensinou a Te Esquecer, por Caetano Veloso para a trilha sonora do filme "Lisbela e o Prisioneiro". A regravação rendeu uma redescoberta do compositor e cantor mineiro, que teve uma coletânea lançada pela Som Livre.



Em 1974, teve uma música censurada pela ditadura militar chamada Meu Pequeno Amigo, que fazia referência ao caso Carlinhos, um seqüestro de grande repercussão na época e não elucidado até hoje.
Fonte: Wikipédia

Agregar a Technorati Agregar a Blogmarks

3 comentários:

Anônimo disse...

ola a todos
vendo essas imagens
não sei por que
mas sinto certas emoções
devem ser fruto das musicas
deste grande cantor
ao qual
eu estou conhecendo agora
mas a vontade era de ja ter conhecido antes
pois tenho apenas 27 anos

abraços a todos que apreciam a boa musica
respostas:
rick_sedex_mail@yahoo.com.br

Reginaldo Prado disse...

Um grande compositor e cantor. Fernando Mendes representa o romantismo que jamais sai de moda, pois o que compõe tem amor e quando existe dedicação e carinho no que se faz o público rapidamente reconhece! Sou seu grande admirador!

Milma Oliveira disse...

SOU FÃ INCONDICIONAL DE FERNANDO MENDES, SEMPRE ADMIREI SEU TALENTO, SUA VOZ MARAVILHOSA, SUA POESIA, UM VERDADEIRO POETA, AMO DEMAIS.

Postar um comentário

 
Blog personalizado por: Marta Bianca